Pesquisar este blog

Carregando...

quinta-feira, 24 de julho de 2014

A felicidade não é um objeto


"A felicidade não é um objeto, nem o atributo de um objeto.
Você pode ser feliz em qualquer lugar.
Você pode ser infeliz em qualquer lugar.
A felicidade, portanto, não depende de estar ou não num dado lugar.
A mente não é felicidade. Não há um lugar chamado felicidade.
Porém, há algo que é felicidade sim: você mesmo
Você precisa aprender a como conhecer essa felicidade.
Precisa conhecer a si mesmo.
 O mundo das dualidades não perturba sua felicidade quando você
conhece a si mesmo".

Pedro Kupfer






terça-feira, 22 de julho de 2014

Dependendo da dor que você traz


"Já aconteceu de eu quase chorar por ter tropeçado na rua, por uma coisa á-toa.
É que, dependendo da dor que você traz dentro,
dá vontade de aproveitar a ocasião para sentar no fio da calçada 
e chorar como se tivéssemos sofrido uma fratura exposta".

Martha Medeiros





domingo, 20 de julho de 2014

Ao mestre Rubem Alves!


"A vida tem sua própria sabedoria. Quem tenta ajudar uma borboleta a sair
do casulo a mata. Quem tenta ajudar o broto a sair da semente
o destrói. Há certas coisas que têm que acontecer
de dentro para fora".

Rubem Alves

Nosso querido e amado Rubem faleceu ontem aos 80 anos.
Há pessoas que vão verdadeiras joias raras nesse mundo, Rubem foi uma delas.
Que vá em paz, nosso querido mestre!




sexta-feira, 18 de julho de 2014

Na era do fast-food


"Estamos na era do fast-food e da digestão lenta, do homem grande de caráter pequeno,
lucros acentuados e relações vazias. Essa é a era dos dois empregos,
vários divórcios, casas chiques e lares despedaçados.
Essa é a era das viagens rápidas, fraldas e moral descartáveis, 
das rapidinhas, dos cérebros ocos e das pílulas mágicas.
Um momento de muita coisa na vitrine e muito pouco na dispensa".

George  Carlin




quinta-feira, 17 de julho de 2014

Parabéns para você,


"Parabéns para você, que dia a dia aprende mais sobre você mesma.
Que erra para aprender. Que é forte suficiente para seguir em frente - sem lamúrias,
mas com maturidade e sensatez. Que de vez em quando esquece
a própria idade e o juízo em algum canto.
E depois acha, como mágica. Parabéns para você, que tem um sonho.
Que não desiste, apesar do que falam.
Que não se abala, apesar do medo.
Que sente uma fraqueza interna, mas caminha com passos firmes.
Que fica tonta, mas não desmaia.
Que apesar de cada pedra no caminho, corre.
Que reclama dos problemas, mas entende que a vida é feita deles.
Que tenta entender o defeito alheio - e procura perceber os seus."

Clarissa Corrêa





quarta-feira, 16 de julho de 2014

Interessadíssima em crescer


"O que vale é que tenho uma alma muito bem-disposta, todos temos,
ela sempre dá um jeito de me fazer encarar as lições.
Apronta mestres. Improvisa material didático. Reinventa métodos.
Brinca com a minha ilusória fuga.
Aguarda-me nas salas de aula porque sabe que, no fim das contas, eu apareço.
Aguarda-me porque sabe que tantas vezes preguiçosa 
por ter tanto para aprender, tanto para curar, tanto pra transformar,
no fundo, continuo interessadíssima em crescer".

Ana Jácomo





segunda-feira, 14 de julho de 2014

Adaptação


"A gente vai se adaptando, essa é a verdade. Adapta-se ao outro, adapta-se ao lugar
em que vive ou trabalha, adapta-se ao que a rotina manda 
e adapta-se até a sentir saudade.
Adaptar, na maioria dos casos, é praticamente superar e não fazer
manha com a vida. É entender que nem tudo funciona ao nosso gosto,
mas pode ser, no mínimo, metade de cada coisa:
metade a sua vontade e metade um pouco de adaptação ás circunstâncias.
Quando passamos a compreender o que a adaptação quer dizer,
percebemos que ela é também uma coisa muito difícil:
Amadurecimento".

Camila Costa






Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...